Menu Button

Produtividade empresarial e tecnologias digitais

Tornou-se muito evidente que, atualmente, as novas tecnologias mudaram a forma como viajamos, mesmo que em trabalho. Sem dúvida, o processo de reserva foi simplificado e acelerado, os movimentos foram facilitados e as experiências tornam-se cada vez mais agradáveis.

Contudo, a questão mais interessante que surgiu nos últimos tempos é a relação entre a tecnologia e a produtividade das viagens profissionais. Veja todos os pormenores no artigo abaixo.

Como melhorar as deslocações profissionais com tecnologia

Quem viaja em trabalho leva normalmente consigo pelo menos 4 dispositivos: o inevitável smartphone, o computador, o tablet e o telemóvel da empresa (caso não coincida com o pessoal). Estas ferramentas são necessárias para conseguir executar o trabalho ainda melhor, mesmo sem ter de interromper atividades urgentes, ou mesmo durante o voo, se necessário.

Os passageiros frequentes chegam mesmo a considerar-se mais produtivos e criativos durante as viagens profissionais, graças à tecnologia. Saiba como nos parágrafos seguintes.

Otimizar o tempo passado no aeroporto

Muitas vezes, as horas passadas no aeroporto podem revelar-se um desperdício de tempo para o colaborador, caso não as possa usar para fazer algo útil. Graças às tecnologias disponíveis, é possível otimizar o tempo, especialmente se a empresa oferecer vantagens como o acesso aos lounges do aeroporto: dado que são zonas silenciosas com redes sem fios, o colaborador pode continuar a realizar as suas atividades com todo o conforto.

Tirar partido dos serviços dos hotéis

Graças à possibilidade de reservar alojamento online, ao verificar antecipadamente quais os serviços disponíveis, hoje em dia é muito mais fácil escolher hotéis que incluam comodidades pensadas especificamente para os viajantes em negócios. Por exemplo, em muitos hotéis, podemos usar a sala de conferências para trabalhar sem sermos incomodados. Mas há mais: há muitas soluções criadas para ir ao encontro das necessidades dos viajantes profissionais; neste título encontrará todas as notícias relacionadas. Além do mais, é melhor certificarmo-nos de que o quarto tem isolamento acústico, para que as pessoas possam repousar sem problemas.

Usar todas as aplicações disponíveis

As tecnologias digitais, especialmente se assumirem a forma de aplicações, permitem ao viajante poupar muito tempo, ser autónomo e independente. É muito simples chamar ou reservar um táxi ou um motorista com antecedência ou usar um serviço de car sharing, bem como consultar os voos e os meios de transporte locais. Ou então, é muito prático reservar uma mesa no restaurante com base nas críticas recebidas, especialmente porque muitos restaurantes oferecem um desconto se reservarmos com a aplicação.

Adicionalmente, existem aplicações realmente úteis que ajudam a gerir os cartões de visita recebidos durante as diversas reuniões, digitalizando-os com a câmara, para que não haja o risco de os perdermos.

Tirar partido do novo contexto

Uma viagem, apesar de envolver um certo dispêndio de energia, continua a ser um momento de distanciamento da rotina quotidiana. As viagens profissionais são muito úteis para a empresa porque, graças às tecnologias digitais, não são entendidas como desperdício de tempo, desde que o colaborador mantenha a possibilidade de trabalhar produtivamente mesmo quando está no estrangeiro. Estando longe de casa, num contexto novo e diferente, o colaborador sentir-se-á estimulado e realizará consequentemente as suas atividades de forma mais ativa e produtiva.

Manter o contacto com a família

Os colaboradores que viajam podem também apreciar a viagem porque não têm de deixar de comunicar com os amigos e a família que ficaram em casa. Dado que em quase todo o lado é disponibilizada ligação à internet, é muito fácil fazer um telefonema ou enviar mensagens usando aplicações de mensagens instantâneas em smartphones ou videoconferências no computador.

Todos os aspetos referidos no artigo de hoje permitem-nos abordar as viagens com uma mentalidade positiva e descontraída, sem demasiadas preocupações. A consequência é que os colaboradores podem apreciar plenamente a viagem profissional, a qual será então seguramente mais produtiva e gerará resultados para a empresa, melhorando o desempenho.

Se a sua empresa organiza viagens profissionais, porque não aderir a programas de fidelização gratuitos como o PartnerPlusBenefit?

Publicado: